O que são juros simples?

Em linhas gerais, o cálculo de juros simples, como o próprio nome sugere, é extremamente simples de compreender. Essa taxa será definida e aplicada todos os meses acima do valor recebido.

No caso dos juros compostos, a taxa sempre será acima do valor inicial, ou seja, aquele que você pegou emprestado em uma instituição financeira ou banco, mais o valor dos juros cobrados no mês anterior.

Posts Recentes

taxa de juros consignado

Tudo que você precisa saber sobre taxa de juros consignado

A taxa de juros consignado é a primeira característica que os consumidores devem analisar antes de contratar qualquer produto financeiro, principalmente empréstimos. Afinal, assim como qualquer outro, ela conta com todos os custos referentes à operação. 

A partir do momento que as pessoas buscam por crédito financeiro, a taxa de juros é a primeira preocupação. Isso porque, ela tem um papel extremamente importante em qualquer operação financeira, pois inclui o valor total das parcelas. 

taxa de juros consignado

Peça já o seu empréstimo consignado BMG, conheça agora o Na Sua Conta, clique aqui e saiba mais.

Por esse motivo, é necessário entender sobre a taxa, além de aprender a calcular esses juros. Então, se você tem interesse em compreender mais sobre essa operação, continue a leitura. 

Descubra sobre a taxa de juros consignado

O empréstimo consignado é conhecido por aposentados, pensionistas do INSS, servidores públicos, militares das forças armadas e funcionários de empresas privadas (CLT).

No momento que as pessoas buscam por empréstimo, uma das opções mais vantajosas é o consignado. Porém, antes de contratar esse produto, é necessário conhecer todas as suas características. 

Isso porque, diferente de outras opções, no empréstimo consignado, os consumidores aceitam que a instituição financeira ou o banco desconte parte das parcelas diretamente da folha de pagamentos ou benefício. 

Por esse motivo, esse empréstimo é extremamente vantajoso, além de contar com a taxa de juros mais baixa do mercado. Isso porque, por descontar parte das parcelas direto da folha de pagamentos, ele é visto como uma “garantia”.

Caso tenha interesse em contratar esse produto financeiro, é essencial descobrir tudo sobre a taxa de juros consignado. Dessa forma, você aproveita todas as vantagens que ele tem a oferecer, além de se planejar financeiramente. 

Como funciona a taxa de juros simples e composta?

Existem vários fatores que interferem na taxa de juros consignado. Vale ressaltar que todas as instituições financeiras e bancos possuem sua própria maneira de estabelecer esses juros, dependendo do perfil do consumidor e da política de crédito

Por esse motivo, é necessário comparar a taxa de juros consignado, assim como as condições e onde solicitar. Isso porque, quanto menor for a taxa de juros, menor vai ser o valor que o consumidor pagará no final do empréstimo. 

Além disso, os consumidores também devem levar em consideração o tipo de juros que o agente financeiro cobra. Vale ressaltar que o valor final poderá ser dividido entre juros simples e compostos. 

Esses dois juros formam toda a base para as transações financeiras. Porém, para chegar a uma conclusão efetiva, é essencial descobrir o conceito de ambos os empréstimos, principalmente para tomar uma decisão. 

O que são juros simples?

Para tomar uma decisão eficiente, os consumidores devem saber o que são os juros simples. Isso porque, como citado, a taxa de juros consignado pode ser dividida em uma das duas: simples e compostos. 

Em linhas gerais, o cálculo de juros simples, como o próprio nome sugere, é extremamente simples de compreender. Essa taxa será definida e aplicada todos os meses acima do valor recebido. 

Quando os consumidores realizam um empréstimo de R$ 1.000,00, por exemplo, com uma taxa de juros de 3% ao mês, é necessário pagar 3% (R$ 30,00) do valor total do empréstimo até o final de todas as parcelas. 

O que são juros compostos?

Por outro lado, enquanto os juros simples são baseados no valor total de um empréstimo, os juros compostos também levam em consideração esse valor, mas incluem os juros que são acumulados durante cada período. Ou seja, juros por juros. 

No caso dos juros compostos, a taxa sempre será acima do valor inicial, ou seja, aquele que você pegou emprestado em uma instituição financeira ou banco, mais o valor dos juros cobrados no mês anterior. 

Quando os consumidores realizam um empréstimo de R$ 1.000,00, por exemplo, com 3% de juros ao mês, o valor mensal dos juros será de R$ 30,00. 

Já no mês seguinte, é necessário contar o valor total cobrado no mês + a taxa de juros do mês anterior. 

Nesse caso, o valor calculado para a segunda parcela de seu empréstimo, será de 3% para R$ 1.030,00. 

O mesmo vai acontecer nos meses seguintes, sendo que o valor será recalculado de acordo com os juros cobrados no mês anterior. 

taxa de juros consignado

Como o valor dos juros é definido?

A maioria das pessoas se questiona sobre como as taxas de juros são cobradas em um empréstimo. A taxa de juros funciona como um artifício de segurança para as instituições financeiras. 

Porém, existem vários fatores que interferem na taxa de juros, a qual muda de empresa para empresa. A maioria das instituições leva às seguintes características, como a situação econômica do país e a política interna da própria empresa. 

Vale ressaltar que existem mais características para compor a taxa de juros consignado, são elas: o custo da aquisição feito pelo cliente, custo da venda e, além disso, taxa de retorno do investidor.